11.12.11

Dos anos que virão



Sabe, Maurício, nos últimos tempos tem sido inevitável não esbarrar com a tristeza e a melancolia entre os shows pirotécnicos de réveillon e as árvores de Natal. Subir e descer os morros da praia, trocar presentes previsíveis, pular as ondinhas com oferendas e realizar simpatias já caiu no automático.  Quem dera, Maurício, que fosse no esquecimento.  Mas parece que a memória tem tido mais facilidade para pulsar que o coração. Deslizes biológicos. Estes não acontecem com todo mundo, mas acontecem.
Tem sido cada vez mais difícil enxergar a beleza no óbvio e se render com facilidade aos apelos de retrospectiva.  Está parecendo uma festa à fantasia.  Final de ano fantasiado de Quarta-feira de Cinzas. E isso não tem graça nenhuma, Maurício. Diga a Papai Noel que isso é uma piada de mau gosto, sem direito a risos ou aplausos. E aproveite e peça a Papai do Céu para que isso não seja o prelúdio dos outros anos que virão. 

22 comentários:

  1. Não é só com essa época. Mas as pessoas parecem gostar do costume. E sem eles, podem vir uma tristeza e uma falta grande. Bem, vai entender. Belo texto!

    ResponderExcluir
  2. A tristeza está em todo lugar, assim como a felicidade. É preciso saber encontrar os sentimentos que nos fazem bem.

    Belo texto!
    Beijos*:

    ResponderExcluir
  3. A vida é feita de momentos...
    E estar aqui está sendo um momento especial...
    Voltarei sempre que puder...
    Se quiser, dá uma passadinha no meu também...
    Quem sabe não gosta e fica.... E com certeza retribuirei a gentileza.

    http://cristalssp.blogspot.com

    Beijos 
    Ani

    Obs:. Peço que deixe o link do seu blog em um comentário por favor, pois estou tendo problemas, não consigo ver o link de quem me visita.

    ResponderExcluir
  4. Oi menina, aqui também é muito lindo. Adorei o layout. (:

    Bom, é como as meninas disseram a tristeza não avisa quando chega e nem quando vai embora. Mas é que dá uma vontade de ser feliz também né.

    Beijos, seguindo.

    ResponderExcluir
  5. Gostei da tua opinião em relação ao fim de ano, eu possuo a mesma visão. Muito legal Talita. Um beijo.

    ResponderExcluir
  6. " Está parecendo uma festa à fantasia. "

    Verdade. Sabe, sempre, quer dizer, desde que descobri que Papai Noel não existe, há mais de uma década, obviamente, eu detesto essa época do ano. Pior do que o mês de dezembro em si são as vésperas. Mas esse ano, sem qualquer expectativa e com a mesma melancolia, tive uma surpresa bastante agradável, então acho que não tenho o direito de dizer as minhas palavras amargas sobre.

    Obrigada pelas suas palavras lá no meu canto, de verdade. :)

    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Não escreva uma coisa dessas.. Olha, é certo que essa época do ano fica cinza, mas pelas lembranças que vem ao nosso coração e apesar de boas, junto vem as tristes, as saudades e enfim, isso tras a tristeza. Mas essa época do ano estamos comemorando o nascimento de Jesus cristo (se acredita nele) é uma éppca para chorar de felicidade e ser feliz!

    ResponderExcluir
  8. nossa, amei o blog,
    beijos e sucesso.
    http://tepegonamoita.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Salve Talita, temos coias parecidas... Também tenho as minhas manias de nomes, tô sempre buscando significados...rs

    Sempre busco significados pra tudo nesse mundo, meus amigos dizem que não sai da fase dos porquês...rs

    O natal pra mim sempre teve um significado meio estranho, desde pequena eu observava as pessoas preocupadas com roupas e sapatos novos, que presente dariam a fulano, que presente dariam a sicrano e, era enquanto tanta diferença social grita no mundo.

    Sigo teu blog com prazer, sigo também no facebook, abraços mil.

    ResponderExcluir
  10. Agradecida =) A véspera natalícia para mim não tem sido cada vez mais positiva, sente-se a falta sempre de um bem essencial.

    ResponderExcluir
  11. "nos últimos tempos tem sido inevitável não esbarrar com a tristeza e a melancolia entre os shows pirotécnicos de réveillon e as árvores de Natal." Isso é verdade. Parabéns pelo texto. Bjos

    ResponderExcluir
  12. Teu texto me lembrou um ditado que li certa vez, "pra ser feliz basta ter boa saúde e péssima memória".
    É, ao passar dos anos e ao nosso envelhecer, toda aquela sensação de virada, de vida nova, ano novo... Tudo vai caindo na rotina. Até isso, até o mais badalado feriado do ano acaba virando comum...

    Baita post, adorei. é um incentivo pra fazermos coisas diferentes! ;)

    Uma boa semana e feliz natal adiantado! ;*

    ResponderExcluir
  13. Eita!!!!
    Gostei desse texto a beça, viu?
    isso mesmo, vamos todos pedir que esse não seja um preludio.
    bjOus

    ResponderExcluir
  14. Ei Talita! Como sempre seus textos são geniais. Neste, então, você toca na ferida da hipocrisia de um natal que para ser verdade deveria ser todos os dias. Beijos mil!!!

    ResponderExcluir
  15. olá me chamo bruno adorei vosso blog
    grande abraço

    bjs

    bruno

    ResponderExcluir
  16. Boa noite.
    Desculpa o incomodo, mas venho hoje pedir que olhe com carinho meu blog de resenhas literárias, o O Leitor.
    Se puder fazer parte, agradecemos.

    Obrigada e uma ótima quinta-feira. Beijos,

    Pamela.

    ResponderExcluir
  17. BOM DIA TALITA

    TENHA UMA EXCELENTE SEMANA

    BJS

    ResponderExcluir
  18. Ola, estou participando do seu blog há um bom tempo já, gosto muito das suas postagens!

    Gostaria que também viesse conhecer meu blog se não for incomodo!
    Ficaria muito feliz com sua presença acompanhando também minhas postagens =)

    Obrigada desde já se puder!
    Bjo grande

    Feliz 2012

    ResponderExcluir
  19. Olá Talita!

    Gostei bastante do seu blog, uma ideia bem criativa sobre como as meninas pensam!

    Se não for incomodo, queria que desse uma olhadinha no meu blog, e me dissesse o que você achou dele ;]

    => www.expectativasinacabaveis.blogspot.com <=

    Grato,
    Matheus

    ResponderExcluir

Fale agora ou cale-se para sempre.