24.10.11

Das tentativas



A gente tenta. O pior é que a gente tenta. Mas os disfarces e joguinhos não costumam funcionar por aqui. Caras, performances, bocas e poses ensaiadas são dissolvidas pelo mesmo sorriso bobo e olhar de saudade. É tão claro e direto, que chego a ficar assustada quando você vai embora e tenho que me encarar no espelho sem reconhecer o que fui minutos atrás.
Na medida do possível, a gente vai levando. Eu aqui. Você aí. E a saudade (sempre ela) no meio. Há sempre um pouco de medo e muito de vontade entre nós. Um medo (infantil, quem sabe?) bem sutil, quase imperceptível. E uma vontade (de coisas e tempos que já ocupam um espaço transatlântico) com vocação para hipérbole.
Essa nossa história tão carente de certezas, sempre transbordou de tantas outras coisas. Fatidicamente vivas e explícitas aos nossos olhos. E que fique bem claro: aos nossos e de mais ninguém. É algo sensitivo e instintivo demais para que se possa explicar ou entender.
Sem mais delongas e tentativas vãs, essa é a hora que o silêncio se eterniza. Essas palavras vão ficar pairando no ar como tantas outras. Para que eu possa me sentir a vontade para usar o clássico sutiã de bolinhas sob o vestido verde e voltar à época em que abraços de vinte minutos e beijos de cinco horas eram a forma mais simples de descrever a realidade.


24 comentários:

  1. Lindo texto, é engraçado quando se estar perto da pessoa que agente gosta esquecemos de todas as caras e bocas ensaiadas em frente ao espelho e depois que esse pessoa se afasta agente não se reconhece!
    Obrigada pela visita, retribuindo e seguindo!
    Beijos!
    =)

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, Talita, é bem assim mesmo. E se vc retirar os pronomes pode ser usado como compêndio, rs. Vc acabou de ganhar mais um seguidor. Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo blog, parece ser fantastico, pelo menos gostei deste texto.
    Quando tiver disponibilidade vou dar-lhe um bocadinho mais de atençao e tentar lê-lo na integra!

    Ja sigo, também =)

    **

    ResponderExcluir
  4. Oi flor.
    Seu blog é que é um charme.
    Adorei mesmo.
    Tbm seguindo.
    Bei-jo

    Sempre bem vinda no Som dos Passos.

    ResponderExcluir
  5. Você achou o meu lindo? Posso te dizer o mesmo..
    Tudo perfect aqui, layout, posts, imagens...
    Até o nome, né? Coisa de menina!
    Ótima semana...
    Bjoo..♥
    Ah, e obrigada pelo carinho lá no meu Blog, sinta-se a vontade, a casa tbm é sua!

    ResponderExcluir
  6. Eu vejo aí muitos elementos bons, muitos.

    E prevejo um futuro bonito.

    ;)

    Um beijo, Talita.

    ResponderExcluir
  7. Ola Talita , desculpa a demora , passando para agradecer a visita , e dizer que fico por aqui também , muito lindo o teu escrito ...

    Essa nossa história tão carente de certezas ...
    ah se pudessemos ter um pouco mais de certezas sobre as coisas do coração .

    Beijos !!

    ResponderExcluir
  8. Oi Talita, através de seu pedido lá no face, vim aqui ter e descobrir este seu interessante blog.
    Vou ficar, gostei imenso!
    Bj

    ResponderExcluir
  9. o texto está incrível. o final então, primoroso.

    gostei muito daqui.

    beijoca!

    ResponderExcluir
  10. É fato. Não tem "ensaio" que resista a realidade das coisas como elas são... hehehe! Talita, valeu pela visita e pelo comment... volte sempre ao TPM, pois será um prazer te receber! Bjz!

    ResponderExcluir
  11. 1+1 e a saudade no meio = dor.

    viver longe do amor dói. eu não saberia...

    ResponderExcluir
  12. E apesar da saudade e do silêncio a gente continua indo em frente, fazer o quê? rs

    Ótimo texto. Parabéns pelo blog, abraços!

    ResponderExcluir
  13. oi Talita
    passando para te desejar
    um lindo final de semana
    beijokas

    ResponderExcluir
  14. Eu simplesmente amei ler isso!
    Tão verdadeiro *-*
    Beijo flor.

    ResponderExcluir
  15. Hummmmm
    Já senti isso.
    Adorei o texto!
    Adoro reflexões!
    Uma graça o blog!
    Já estou seguindo!
    Beijo!
    http://tengasonrisa.blogspot.com
    http://tengacreencia .blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Aiiin que liindo, ameeeei. E de repente surge mesmo aquela vontade de ser melhor pra você mesma.

    Tudo lindo aquiii. ;)

    ResponderExcluir
  17. Olá boa tarde!
    Seu blog é lindo, ótimo trabalho! Sucesso!
    .. faz uma visita?
    Fique ligadinha no mundo animal!
    www.umapequenasemente.blogspot.com
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  18. Lindo texto, como sempre! sem mais..

    ResponderExcluir
  19. As formas mais simples de descrever a realidade serão sempre as mais nutritivas para o coração...!

    ResponderExcluir
  20. Ah, Talita, nada como nos prendermos a adoráveis realidades...

    Amei tudo por aqui, teu post, teu blog... Em fim, sigo-te no blog e no Facebook...

    ResponderExcluir
  21. seu blog é lindo! Parabéns e escreve super bem também! BJs, estou te seguindo já!!!

    ResponderExcluir
  22. É bom quando a vida acerta, é de graça!

    ResponderExcluir
  23. A gente tenta,


    Mas o melhor mesmo, é ser sincero!


    É cativante,



    Bjkas

    ResponderExcluir

Fale agora ou cale-se para sempre.