12.7.10

OUT



A minha imaginação anda meio incontida. Acho que passei da fase de contrariá-la. Agora, apenas fecho os olhos e aproveito. Poucas pessoas conseguem sentir a intensidade com a ausência total dos sentidos.

7 comentários:

  1. que isso... escreva sem imaginação mesmo...
    pense em uma mentira e solta o verbo...

    ResponderExcluir
  2. "I have always kept my faith in love. It's the greatest thing from the man above. The game I used to play, I've always put my cards upon the table. Let never be said that I'd be unstable..."

    ResponderExcluir
  3. aaah tenho a imaginação tão fertil que às vezes queria parar de pensar.
    beijos.

    ResponderExcluir
  4. Ausência dos sentidos é quando os pensamentos saem por aí a vagar e vão gostando do que encontram, se esquecendo (de propósito) de voltar? E quando voltam, estão repletos de novos sentidos? rsrs. Eu treino com a menina que tinha mania de explicação, conhece? (MANIA DE EXPLICAÇÃO,de Adriana Falcão). Abraço grande. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  5. Ah, mas é verdade isso...
    A imaginação é um sentido novo, aparentemente sobrenatural, mas tão necessário...

    Gostei muito do teu escrito e do teu canto.
    Seguir-te-ei!hihi'

    ResponderExcluir
  6. oiee, que lindo que está o blog *-* desculpa não passar mais aqui, agora com as ferias estarei mais presente e atualizarei sempre o sweet j*-* parabés, de novo, o blog está com outra cara! beijoooo

    ResponderExcluir
  7. Pode ser...
    Mas você consegue querida...
    : )
    nice post !!

    ResponderExcluir

Fale agora ou cale-se para sempre.