18.5.10

Triste fim de um relacionamento sem começo

Demorou, mas a ficha acabou caindo e parece que foi bem em cima da minha cabeça. Trouxe com ela uma dor imensa, um vazio, uma indeterminada solidão. Em um segundo aquela relação sólida de cumplicidade e companheirismo foi embora. A certeza de que tudo vai voltar ao normal acabou de brochar e, dessa vez, sem esperanças de Viagra. Os nossos planos e sonhos aparentemente morreram, sem deixar de herança para mim nem mesmo uma ilusão. Todos os atos e fatos levavam a uma única conclusão: o fim. Dessa vez tentei ser otimista, ignorar todas as pistas e sinais, tentar encontrar a razão para toda aquela confusão, melhor dizendo, indiferença. A confusão era só minha, pertencia a mim, a ninguém mais. Por um longo tempo tentei ignorar o fato explícito da efemeridade dos relacionamentos. Acabei achando que, finalmente, não iria participar da moda do descartável, do perecível. Triste ilusão. Agora sou mais um entre tantos outros brinquedinhos esquecidos, já não mais na prateleira, pois não há tempo para mais um joguinho, uma distração. Fui passada adiante. Ou será jogada para traz? Não importa. Não mais. Agora sei como as coisas realmente acontecem e para que lado o mundo gira, porém ainda tenho a teimosia como defeito. Continuarei remando contra maré, indo pelo lado oposto do caminho traçado. Talvez assim acabe encontrando alguém diferente do que já encontrei, que não tenha como prato predileto mentiras e nem meias-verdades com presença diária na refeição. Metade da laranja, além de brega é utópico demais, mas também não me contento só com a casca. Dessa vez não. Acredito em luz no fim do túnel. E algo me diz que a Felicidade mora lá.




"Salas e quartos
Somem sem deixar vestígio
Seu rosto em pedaços
Misturado com o que não sobrou
Do que eu sentia
Eu lembro dos filmes que eu nunca vi
Passando sem parar em algum lugar."
(Tudo que vai- Capital Inicial)

11 comentários:

  1. é lutar para chegar a essa luz, por mais comprido que o tunel possa parecer :)

    ResponderExcluir
  2. adorei seu blog, tem selinhos pra vs no meu blog

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente nem sempre as coisas acontecem como queremos. Chegar à conclusão de que acabou, dói, mas as vezes é necessário para que possamos dar um próximo passo.
    Cair e levantar. Nisso também consiste a vida.
    BjO*

    ResponderExcluir
  4. Flor , seu blog é lindo ! virei uma fã ja ..
    espero sua visitinha no meu também !
    beijão

    ResponderExcluir
  5. Só te peço uma coisa: Não deixe as desilusões
    te fazerem desacriditar nas pessoas e muito menos no amor!
    É incrível como você consegue ser tão doce mesmo falando de um acontecimento tão triste..
    Pra mim, isso se chama talento!

    Beijos coloridos ;)

    ResponderExcluir
  6. ReEmar na contra-mão do senso comum, através de águas revoltas e , por vezes turvas, enfia-nos num túnel escuro, inóspito, mas com toda certeza, leva a um lugar diferente e melhor do que essa mesmice, essa descartabilidade, essa indiferença difarçada de glamour que reina por ai. Ainda mais com essa sua inteligência tão latente e o pensamento tão profícuo. Se a metade laranja não dá, arranje uma metade limão, coloque gelo, açucar e cachaça e vá ser feliz com uma adorável caipirinha (recomendação do meu médico. rsrs). Abraço grande. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  7. Não sou mto boa para dar aconselhos sobre "fim" de grandes relacionamentos. passei por um único assim, a quase tres anos, e acredito estar curada mesmo apenas metade desse tempo ai, ou seja...demorei mto pra aceitar, entender, e seguir em frente. Hj, claro é mto fácil falar, rir e até ver como não tinha nda mais em comum e como eu podia ser tao tola naquela época? a verdade é q tdo dura o tempo q é preciso durar. nós devemos aceitar essas trocas de ciclos, e como tudo tende sempre a melhorar, é só ter fé e esperar.

    o amor é como o vento....ele sopra um dia de lá pra cá, depois daqui pra lá.....mas, sempre, sopra...! aguarde.

    Um Beijo!

    ResponderExcluir
  8. Textos lindos como sempre!
    Tem selos para você no meu blog.
    beijos.

    ResponderExcluir
  9. belos textos...acho incrível como você brinca com as palavras!
    adoro aqui *O*

    beiijo flor

    ResponderExcluir
  10. Teem selinho pra vs no meu blo floor *--*

    ResponderExcluir
  11. Tenha calma que é assim mesmo. Sei que ficamos mal, passamos por melancólicas horas, mas passa. Pode ficar tranquila.
    E não pense em colocar outra pessoa no lugar, isso é besteira.
    Arrume lugar para outra pessoa, assim que pintar. Não tenha medo de ficar sozinha. Está bem?
    um beijo

    ResponderExcluir

Fale agora ou cale-se para sempre.